AdWords é o sistema de campanhas de publicidade do Google, com é possível influenciar para quem, aonde e em quais canais seus anúncios serão exibidos, se na rede de pesquisa, em apps, em vídeos ou em grandes sites da internet.

Existem diversas configurações de campanha que o anunciante pode utilizar para ser cobrado, por exemplo; o anunciante pode optar por pagar somente quando clicarem em seu anúncio, ou quando houver uma conversão no site, como um preenchimento de formulário de contato por exemplo, há outras formas que o anunciante pode optar por ser cobrado também.

Não somente aqui no Brasil mas mundo a fora, quem não utiliza o AdWords acredita em alguns mitos em relação a este serviço, aqui nós vamos abordar os três principais, que são comuns em quase todas as pessoas que ainda não anunciam. Vamos lá!

Mito 1 – Anunciar no Google é só pra quem tem muito dinheiro

Qualquer pessoa ou empresa que queira anunciar no Google AdWords, poderá definir o valor que vai querer gastar por dia, e quanto pagar por cada clique, conversão, impressões, depende da configuração de cada campanha. No Brasil, o limite mínimo para você injetar em crédito na sua campanha é de R$40,00.

Mito 2 – Meus concorrentes vão ficar clicando nos meus anúncios para acabar meus créditos

O Google AdWords é capaz de identificar quais usuários tem a maior probabilidade de ser um cliente potencial para um determinado anunciante, isso influencia quais anúncios serão exibidos, aonde serão exibidos e para quem serão exibidos.

Mito 3 – Só consegue ficar nas primeiras posições dos resultados quem paga mais

Esse é um mito bastante comum entre pessoas que não conhecem o serviço, e também entre pessoas que utilizam, mas não buscam se aprofundar no conhecimento dessa ferramenta fantástica. O valor ofertado no lance de clique é importante sim, mas ele não é o único influenciador na posição do seu anúncio.

O que determina a posição de um anúncio é que chamamos de Fórmula de Classificação, ela atribui uma pontuação a um anúncio considerando o valor do lance, a qualidade do anúncio e a qualidade da página de destino. Quanto mais otimizadas estiverem suas campanhas e páginas de destino, menor será o valor pago por cada clique. E isso faz com que muitos anúncios obtenham uma posição melhor nos resultados e pagar um valor menor em relação a quem está em posições inferiores.