A necessidade das empresas vender online é maior a cada dia, pois a demanda de pessoas procurando por produtos para comprarem na internet não para de crescer.

Além da grande demanda, os custos para se manter um e-commerce rodando são bem menores do que os custos para se manter uma loja física. E isso torna ainda mais atrativa essa oportunidade de negócio.

Mas como fazer essa coisa dar certo? Será possível obter êxito nas vendas já que assim como você amigo empreendedor, há vários outros tentando a mesma coisa? Á resposta é SIM, é possível fazer a coisa dar certo e se sobresair em meio aos concorrentes.

Nesse post eu quero destacar 6 dicas para você conseguir montar o seu e-commerce de maneira que ele funcione bem e que você obtenha os resultados esperados.

Dica 1 – Tenha um e-Commerce profissional
A regra é simples, se é pra atuar como profissional, utilize de recursos profissionais.
Para e-Commerce há infinitas opções de plataformas, porém eu quero destacar somente uma opção, que é gratuita, profissional e é o xodó de muitas empresas que a utilizam. Eu estou falando do WooCommerce. Woocommerce é um plugin de e-Commerce que transforma sua instalação WordPress em um e-Commerce completo e robusto, não há a necessidade de conhecimento de programação para instalar e configurar, e é super fácil de gerenciar toda a loja online.

Dica 2 – Sua loja virtual deve ser responsiva
Milhões de pessoas acessam a internet todos os dias através do celular ou tablet.
A tecnologia responsiva fará com que a sua loja virtual se auto-ajuste qualquer resolução de tela que o usuário venha acessar, tornando a navegação agradável, e ideal para cada dispositivo.

Dica 3 – Contrate um bom servidor de hospedagem
O servidor de hospedagem será aonde vai funcionar sua instalação, que as pessoas poderão acessar através do seu domínio ex: www.nomedasualoja.com.br. No mercado há diversas opções para você contratar este serviço, mas eu quero indicar a você uma opção boa e que não vai te dar dor de cabeça. Eu falo da HostGator. A Partir de 27,00 mensais você já consegue um excelente plano ilimitado. Além disso eles possuem um valor atrativo para o certificado SSL caso você quira usa-lo, e eles mesmos podem fazer toda a instalação pra você, inclusive o registro do domínio da sua loja.

Dica 4 – Ofereça diversas opções de pagamento em sua loja
Quanto mais opões de pagamento, maiores são as oportunidades de vendas. O PagSeguro e PayPall são boas opções para começar, por com eles você já vai aceitar praticamente todos os cartões de crédito e débito, vai poder gerar boletos, efetuar vendas parceladas e receber tudo de uma única vez, e ele oferecem soluções seguras tanto para quem vende como também para quem compra.

Dica 5 – Integre um sistema de logística
Vender online, requer uma atenção especial quanto a logística. Pois você precisa entregar o que vai vender dentro do prazo. Caso contrário isso pode gerar pra você muita dor de cabeça e prejuízos. A solução de logística para e-commerce que mais indico é a dos Correios, porque eles já possuem soluções exclusivas para e-commerce, um eficiente sistema de trocas e devoluções, e tudo com valores atrativos.

Dica 6 – Saiba divulgar sua loja e ofertas
Ter bons produtos e promoções, excelente condições de pagamentos e envios, não vai adiantar nada se você não divulgar. Então você precisa promover sua loja virtual. Pra que está começando, a dica chave é começar por um blog, escreva assuntos relacionados as necessidades do seu público alvo e não da sua empresa. Assim você além de se posicionar como especialista, vai atrair naturalmente seu público. O conteúdo do seu blog pode e deve ser compartilhado nas redes sociais que você vai utilizar para promover seu e-commerce. Não faça muitas promoções de inicio, concentre-se primeiro em se apresentar ao seu público. Ex: Se você vende produtos orgânicos, publique conteúdo sobre vida saudável, a importância de uma boa alimentação… Se você vende roupas, escreva sobre moda, tendências da próxima estação… e por ai vai. São assuntos como estes que vai atrair seu público, e é o que chamamos de marketing de atração.

A curto prazo, também é interessante investir em mídia paga como o Google AdWords e Facebook Ads. Estas são boas opções para promover a venda de produtos que você espera que tenham um maior volume de vendas.